Homepage

  • Viana do Castelo recebeu evento que exaltou o surf como exemplo europeu de boas práticas
    30 novembro 2021
    arrow
    arrow
  • Fotografia
    Surf Clube de Viana
  • Fonte
    Redação
powered by
  • Meo
  • Mercedes
  • Buondi
Segue-nos nas redes
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • O programa vianense deu destaque às atividades náuticas, sobretudo o surfing e a canoagem.
  • O Surf Clube de Viana (SCV) organizou o 2º exchange meeting do projeto Sustainability and Environmental Education in Outdoor Sports (SEE), financiado pelo Programa Erasmus+Sport.

    Este foi um evento que reuniu parceiros do projeto e especialistas externos, oriundos de Portugal, Espanha, França, Reino Unido, República da Irlanda, Países Baixos, Suécia, Roménia e Sérvia, na cidade de Viana do Castelo entre os dias 8 e 11 de novembro. 

    O programa vianense, que teve o Centro de Alto Rendimento de Surf de Viana do Castelo (CAR Surf) por base logística, deu destaque às atividades náuticas, sobretudo de surfing, pelo SCV, e de canoagem com o Darque Kayak Clube. Também realizaram-se visitas guiadas ao Geoparque do Litoral de Viana do Castelo, por Ricardo Carvalhido, ao CMIA - Centro de Monitorização e Interpretação Ambiental de Viana do Castelo e ao Parque Ecológico Urbano de Viana do Castelo.

    Entre as boas práticas partilhadas, ainda constaram o SCV como a primeira instituição no mundo a obter a certificação de turismo de surf sustentável ao mais alto nível: STOKE 'Melhores Práticas' (STOKE Best Practice), a Surfrider Foundation Europe, cuja primeira delegação funcionou no SCV, o movimento cívico ambientalista 'Não Lixes' que tem Fernando de Paiva (Joca) por responsável, que tenta chamar a atenção para a pegada que cada um deixa no planeta, e que tem vindo a desenvolver várias atividades com o clube vianense.

    Com vista a mitigar o impacto da pegada de carbono das viagens deste meeting, estimada em cerca de 13 toneladas de CO2, foram ainda plantadas árvores na área do CAR Surf e, em parceria com a associação Plantar Uma Árvore. A curto prazo está prevista a plantação de mais espécies autóctones promovendo também a conservação e promoção da floresta nativa e de sustentabilidade da biodiversidade das espécies autóctones.

    Para Noel Doyle, chefe de fila do SEE, da Leave No Trace Ireland e que nunca tinha estado em Viana, “neste intercâmbio, focado nos desportos náuticos e na criação de relações com a terra e os impactos que as nossas atividades podem ter, Viana do Castelo superou as expetativas”.

    Segundo João Zamith, presidente do SCV (a única instituição portuguesa que integra o SEE), todos os objetivos foram cumpridos e as condições meteorológicas excecionais também contribuíram para aumentar a notoriedade de Viana do Castelo ao nível da sustentabilidade e educação ambiental nos desportos outdoor.

    O próximo exchange meeting vai ser subordinado ao tema inverno e já está agendado: de 14 a 18 de fevereiro próximo em Linköping, na Suécia.

     

     

     

     

    Para acompanhar e confirmar live, os dados sobre o estado do mar, podes usufruir da nossa rede de livecams e reports preparada para essa finalidade.

    Visita a nossa Loja Online, e encontra tudo o que precisas para elevar o teu nível de surf!

    Segue o Beachcam.pt no Instagram

Tags
  • praia
  • mar
  • CAR SURF VIANA
  • viana do castelo
  • Portugal
  • Surf Clube de Viana
  • Surf
  • Fotografia
    Surf Clube de Viana
  • Fonte
    Redação
similar News
similar
janeiro 27
Kikas: 'O cut a meio da época causa nervosismo e ansiedade. Primeiro, quero ultrapassar esta fase'
janeiro 27
ISA anuncia datas do Mundial Júnior de 2022
janeiro 27
AESP: Certificado de Qualidade de Escolas de Surf continuará a ser atribuído em 2022
janeiro 27
Praia da Rocha acolhe estreia da Algarve Surfing Cup
janeiro 26
Dr. Bernard Surf Center vai receber 2º Curso de Treinadores de Surf Grau I
janeiro 26
Jessi Miley-Dyer: 'Os surfistas deram bom feedback à inclusão de El Salvador no CT'